Você sonha em adquirir um carro, mas está difícil juntar dinheiro e investir alto em um bem? Pode ser que fazer um consórcio de veículo valha a pena.

O consórcio é uma alternativa de financiamento coletivo para quem não tem o dinheiro para arcar com seu sonho de imediato. Os consumidores interessados em um mesmo bem pagam uma cota mensal do consórcio. O valor vai para o fundo comum onde serão sorteadas as Cartas de Crédito a cada 30 dias.

É esta Carta de Crédito que dará todo o valor que você precisa para o pagamento do seu carro. Mas será que vale a pena fazer consórcio de veículo? É o que vamos descobrir neste artigo. Acompanhe!

Em que casos o consórcio de veículo vale a pena?

Existem quatro casos mais comuns que o consumidor leva em conta na hora de decidir por um consórcio de veículo:

  • Para quem tem paciência;
  • Para quem não quer pagar juros;
  • Para quem tem disciplina;
  • Para quem precisa de garantia.

Se você não tem pressa de adquirir o seu carro, o consórcio de veículo é uma boa alternativa, porque funciona como uma poupança programada. As parcelas são muito mais em conta do que os financiamentos tradicionais.

Além disso, você não tem que pagar juros exorbitantes como acontece em outros financiamentos de carros populares. As taxas são relativas apenas à administração do grupo e não pesam em nada no bolso.

É claro que, um consórcio de veículo só vale a pena se você for disciplinado no pagamento das parcelas. Portanto, esse é um compromisso que você precisa ter para conquistar seu objetivo.

E se você tem medo de se arrepender durante o financiamento ou acredita que no fim das contas não valerá a pena todo o esforço, saiba que é possível reaver valores pagos após a última assembleia, que é quando o grupo se encerra.

Com essas informações você acredita que vale a pena fazer consórcio de veículo? Lembre-se que paciência e disciplina são palavras chaves para quem deseja entrar em um financiamento coletivo.