A maquininha de cartão é ideal para qualquer tipo de negócio. Na hora da venda, a pergunta é débito ou crédito já é certa, mas você já se questionou como funciona o pagamento no crédito?

A opção débito equivale a dinheiro subtraído da conta do cliente que vai direto para o vendedor.

E o pagamento no crédito? Neste artigo, você entenderá como opera a maquininha de cartão na modalidade crédito.

Conhecerá também as vantagens e desvantagens deste tipo de pagamento disponíveis no mercado.

Como funciona

O crédito é similar a um empréstimo garantido que uma instituição financeira dá a você. Os brasileiros costumam usar muito esta opção. Segundo o Banco Central, o uso do cartão de crédito subiu de 12% para 15%, nos últimos anos.

SIMULE MÁQUINA DE CARTÃO DE CRÉDITO AQUI

Você pode se perguntar se esta movimentação financeira é segura. A maquininha de cartão costuma ter um sistema elaborado de criptografia, que garante a segurança dos dados.

Os dados só são liberados quando a senha é corretamente inserida. Ou seja, o leitor do cartão faz uma série de checagens antes de finalizar a compra. Isso acontece em uma média de três segundos. Tudo muito rápido para agilizar a compra.

Se a transação for rejeitada, a máquina informará o código de erro do cartão correspondente ao problema. Se a compra é aprovada para onde vai o dinheiro?

Como receber o valor da compra

Se a venda foi na opção crédito, a maquininha de cartão só deposita o dinheiro na sua conta após um prazo.  Geralmente, os valores do crédito são transferidos 30 dias após a venda.

A transferência no débito é mais rápida e o montante tem um prazo menor para cair. Ele costuma levar um dia para estar na conta.

Na opção de crédito, as empresas costumam reduzir este prazo e é possível solicitar um adiantamento deste valor.  A maioria das empresas administradoras possibilita que os clientes saquem o dinheiro antes do prazo. Preste atenção que isso pode ter um custo.

E as taxas?

As taxas serão cobradas para qualquer tipo de venda. Elas podem variar. A dica é avaliar as diferentes propostas oferecidas pelas empresas de maquininha de cartão.

E os juros?

Preste atenção porque, geralmente, o cliente pedirá para parcelar a compra. Então, considere a empresa de maquinha de cartão que oferece os menores juros para parcelamento e a maior quantidade de parcelamentos.

Mas eu devo parcelar todas as compras?

A resposta é depende. Você precisa considerar o produto que vende. Se o seu negócio tem vendas de baixo valor ou saídas rápidas, é interessante oferecer a compra apenas no débito ou crédito à vista.

Agora se lida com mercadorias mais caras, a parcela do crédito é uma ótima oferta para o cliente. Há maquininha de cartão vantajosa para qualquer tipo de venda. É preciso ficar atento porque tudo depende da sua necessidade.

Após a leitura deste artigo, a opção “pagar no crédito” ou “vender no crédito” se tornou mais suave, não é mesmo? O importante é conhecer as possibilidades que o mercado oferece para, então, escolher o melhor para o seu negócio.

LEIA TAMBÉM:

Maquininha de cartão e as taxas que você precisa conhecer