Chegou a hora de renovar o Seguro do Carro? O Seguro de Automóvel é um dos seguros que possui maior demanda no mercado, principalmente por sua característica de segurança ao patrimônio de quem contrata o seguro, assim como segurança a outras pessoas que estão no trânsito também suscetíveis a acidentes e acontecimentos não previstos.

A proteção do Seguro do Automóvel é essencial para a proteção do veículo em situações de acidentes, incêndio, colisão, furto, roubo além da proteção de passageiros e terceiros que possam ser envolvidos também em alguma situação de acidente.

Além disso, os produtos do seguro do carro no mercado também possuem em seus planos, diversos serviços de assistência que podem lhe auxiliar em caso de pane do veículo, necessidade de guincho, troca de pneu e chaveiro, que podem ser fundamentais em situações de problemas com o veículo.

Por ser uma segurança e um serviço de conveniência muito importante para quem possui um veículo, existem algumas boas práticas e dicas que ajudam bastante a economizar na hora de cotar o seguro do carro. Por isso, dá só uma olhadinha nas dicas que listamos abaixo e que podem ajudar na contratação de seu seguro:

Leve em conta o seguro do carro na hora de adquirir um veículo

No momento de precificar o seguro, além do perfil do condutor e proprietário do veículo, ss seguradoras levam muito em consideração o modelo do veiculo. Carros muito antigos ou importados que possuam peças de difícil mercado, ou que possuem manutenção muito elevada, costumam ter o preço do seguro mais elevado, assim como os carros que são mais visados para roubo e furto, além das versões esportivas dos veículos que também podem oferecer uma direção mais agressiva no trânsito.

A melhor forma de economizar neste quesito é cotar o seguro do carro antes de fechar a compra do seu automóvel. A variação de preço entre as diferentes marcas e modelos é muito grande, podendo chegar a diferenças muito consideráveis. Portanto, além de todos os fatores que for levar em consideração para decidir a compra do seu próximo veículo, leve também o seguro do carro em consideração.

Veja Também:
Bloqueador automotivo: Qual a diferença entre bloqueador e rastreador veicular?

Fuja das multas

Muitas seguradoras estão fazendo campanhas para bonificar motoristas que não possuem pontuação na carteira de habilitação, isso é uma boa forma de economizar e ainda bonificar motoristas que estão seguindo a legislação de trânsito.

Instale um rastreador

Ao instalar dispositivos antifurto e rastreadores, normalmente é possível uma boa economia com no seguro do carro, tendo em vista que a possibilidade de recuperação de um veículo em caso de furto ou roubo aumenta bastante, essa é uma boa forma de reduzir o custo de seu seguro.

Sinistros

As Seguradoras possuem um sistema integrado que aplica bônus a segurados que não possuem sinistro. A cada renovação de seguro, sem que tenha ocorrido um sinistro, a sua classe de bônus será aumentada e você possuirá uma melhora em seu custo do seguro do carro por conta do bom relacionamento.

Aproveite Convênios e Descontos

As seguradoras possuem convênios com Bancos, empresas, cartão de crédito e até programas de milhagem. Procure se informar se você se enquadra em alguma ação promocional e aproveite as vantagens para contratar o seu seguro com melhores condições

Cote com várias seguradoras

Um item importantíssimo ao renovar o seu seguro, é realizar a cotação com várias seguradoras. Isso é fundamental para entender as opções do mercado e, em muitos casos, conseguir economizar. Existe muita diferença de tarifação para o mesmo perfil de condutor e para o mesmo veículo em seguradoras diferentes, portanto não deixe de cotar o seguro do carro.

Revise as coberturas adicionais

Pontos que alteram bastante a cotação do seguro do carro são as coberturas adicionais, que vão desde limites de coberturas para terceiros em caso de acidente, até regras de quilometragem de guincho, dias de carro reserva, cobertura de vidros entre outras.

Essas coberturas são muito importantes, mas é necessário que estejam compatíveis com a sua necessidade. Se você não utiliza o carro para viajar, por exemplo, não existe necessidade de contratar guinchos que cubram grandes quilometragens por exemplo. Só tenha bastante cuidado para não reduzir alguma cobertura que vá fazer falta em um momento de necessidade.