Cada vez mais presentes no nosso dia-a-dia e reunindo funções as mais diversas, os equipamentos eletrônicos portáteis (tais como notebooks e netbooks, os smartphones e smartwatches, os tablets etc.) se tornaram indispensáveis no nosso trabalho, para as nossas atividades de estudo, para a interação com amigos, familiares e colegas, assim como, também, para o lazer. Porém, cada vez mais modernos, com materiais caros e raros, e com tecnologias de última geração, estes equipamentos têm custado valores cada vez mais elevados, sugerindo cuidados e seguridades específicas.

FAÇA SIMULAÇÃO PARA SEU PORTÁTIL

Por estarem sempre à mão, estão em constante risco de queda, e são também os mais visados em furtos ou roubos, por serem fáceis de carregar, desmontar e revender. Ainda que alguns venham com recursos de segurança e de geolocalização, é sabido que os criminosos especializados também se atualizam e aprendem a burlar esses sistemas, o que deixa ainda mais apreensivos os usuários destes equipamentos.

Diante desse contexto de insegurança e risco, especialmente nas grandes cidades de países como o Brasil, o mercado de seguros se adaptou e hoje em dia é muito comum encontrar nas seguradoras – aquelas que antes se limitavam a seguro de automóveis, residências e de vida – também o seguro para portáteis. A cotação e contratação pode inclusive ser feita on-line, com o envio das notas fiscais, documentação e assinatura de contrato todo feito eletronicamente. O tipo de seguro para portáteis, o valor e a cobertura também são diversos, atendendo às necessidades dos mais variados tipos de usuários, desde aquele mais comum, que deseja apenas ter garantido o seu investimento em um smartphone de digamos R$ 1 a 3 mil reais, até aqueles aficionados por tecnologia e também por ostentação, que todo ano trocam os seus aparelhos pelo top de linha da geração, gastando de R$ 4 a 9 mil reais, ou mesmo aqueles profissionais da tecnologia, que utilizam diversos eletrônicos portáteis como instrumento de trabalho e que precisam garantir sua atualização, ou ainda no mercado de restaurantes e de lanchonetes, por exemplo, em que tablets estão cada vez mais sendo utilizados como cardápios interativos ou mesmo à mão dos garçons durante o atendimento – apenas alguns dos muitos casos possíveis.

Além disso, outra opção mais rápida para o consumidor comum é a de adquirir o seguro para portáteis junto às lojas que vendem portáteis eletrônicos, muitas das quais oferecem os próprios planos de seguro, alguns dos quais específicos para este tipo de produto, ofertando-se também em alguns casos a garantia estendida, que pode inclusive ser parcelada junto com o equipamento no ato da compra.

Assim, se você é um usuário de portáteis eletrônicos e se o seu uso implica em algum risco (ou em insegurança), ou mesmo por simples garantia, já que são objetos frágeis e sempre susceptíveis a quedas e danos gerados por motivos diversos, você deve ter em mente a possibilidade de fazer um seguro para portáteis. É claro, vai de caso para caso, mas, por simples precaução, um investimento em seguridade não tão alto pode te garantir agilidade para reaver o seu instrumento de trabalho ou pode te fazer economizar alguns milhares de reais, evitando ser pego desprevenido no caso de um imprevisto.

LEIA TAMBÉM:

Seguro portáteis: 3 Vantagens de fazer seguro para eletroeletrônicos