A contratação de um seguro viagem, apesar de ainda não ser uma obrigatoriedade em alguns países, é algo fundamental para o viajante.

Contratar um seguro viagem é contar com um suporte eficaz caso algum imprevisto aconteça durante uma viagem. Esse serviço tem muitos benefícios e atualmente é a melhor forma de proporcionar segurança durante uma viagem. Mas, se o viajante for alguém que pratica esportes radicais, esse cuidado deve ser redobrado, afinal, os riscos de acidentes e imprevistos no geral, aumentam nestes casos.

Se você planeja viajar em breve e é apaixonado por esportes radicais, veja qual o melhor seguro viagem para quem vai praticar esportes radicais durante essa aventura pelo mundo. Confira!

O melhor seguro para quem pratica esportes radicais

Ao contratar o serviço para viajantes mais aventureiros, é preciso atenção aos detalhes. Pois há planos diferenciados para quem pratica esportes e algumas práticas podem não ter cobertura garantida. Portanto, confira em detalhes a apólice do seu seguro para não ter surpresas.

A cobertura de um seguro viagem inclui: Atendimento médico e hospitalar em casos de acidentes ou até doenças que necessitem de algum suporte médico. Também há opção de translado do paciente para hospitais (caso o mesmo se encontre em alguma condição especial), repatriação sanitária, seguro para acidentes que deixem o paciente inválido (parcial ou totalmente), seguro para perda de documentos, translado de corpo (óbito), auxílio funeral e etc.

Nós sabemos que nenhum apaixonado por aventuras e adrenalina planeja sofrer um acidente, ainda mais longe de casa, mas é exatamente por isso que é preciso a contratação do seguro viagem, seja qual for o destino.

O seguro viagem ideal para quem pratica esportes radicais deve ter uma cobertura mais ampla, que preste todo o suporte necessário caso algo saia do planejado. Portanto, é importante escolher uma boa seguradora e se atentar a todos os detalhes de cada plano.